Fast Fashion & Grifes

11 nov 2014

As parcerias entre as redes de fast fashion e as grandes e consolidadas grifes não são nenhuma novidade para quem acompanha o universo da moda. De fato, essas associações tendem a ser muito interessantes do ponto de vista conceitual: afinal, não são todos que tem a possibilidade de adquirir peças da Versace, Stella McCartney e Alexander Wang regularmente. Não a toa, sempre que uma nova parceria é anunciada, os holofotes da mídia são quase que imediatamente direcionados para as assinaturas das grandes grifes em peças de fast fashion acessíveis e, digamos assim, democráticas.

O tema, porém, gera polêmica… existe problema ou alguma briga entre o luxo e o fast fashion? Os estilistas perdem sua originalidade quando assinam peças para a indústria rápida da moda? Os consumidores devem se sentir privilegiados por poder usar cortes de roupas elaborados por grandes gênios da moda?

Em tempos de Fashion Week, esse debate fica ainda mais interessante; afinal, é após os desfiles das conceituadas grifes que podemos desvendar as tendências para a próxima estação e obter maiores informações sobre as coleções que serão brevemente lançadas. De qualquer forma, não é uma assinatura (ou algumas etiquetas) que definem nossos estilos ou nossas imagens… é preciso ir além: é como Coco Chanel dizia: “o que conta não são os quilates, mas o efeito!” O mais importante, portanto, antes de avaliarmos questões superficiais sobre essas parcerias, é perceber que a construção de quem somos e como nos apresentamos ao mundo não se resume em um look apenas, é um processo muito maior, que passa pelo comportamento, pela comunicação, pela elegância e, sobretudo, pela postura que expomos tanto no ambiente particular como profissional e socialmente.

Bom, debate a parte, as duas grandes parcerias que aterrissaram no Brasil em novembro fazendo bastante barulho são: Versace e Riachuelo, e, Stella McCartney e C&A.

A primeira, chegou nas lojas no dia 7 de novembro e, com valores que vão de R$ 49,90 a R$ 399,90, traz para as brasileiras desde regatas até vestidos e maxi acessórios. Dentre os temas da coleção destacam-se o animal print e o fundo do mar, que deixaram clara a assinatura da grife italiana.

Confira mais sobre as peças no catálogo virtual da rede!

11NOV_11H

 

Já a parceria entre Stella McCartney e C&A já parte para uma pegada mais sustentável, deixando clara, porém, a sua orientação para o universo da alfaiataria.

Confira mais sobre as peças no catálogo virtual da rede!

11NOV_11H

Que tal? Será que essas redes merecem nossa visita?! Com certeza!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Add Your Comment