Ambiente de trabalho x desempenho profissional

20 out 2014

Decoration

Manter o ambiente de trabalho confortável é um dos fatores que mais influenciam o comportamento dos funcionários e suas relações interpessoais. Conservar o espaço limpo e organizado, evitar acumular papel, aderir à coleta seletiva de lixo e não se alimentar nas estações de trabalho são medidas que determinam a melhoria da qualidade de vida do trabalhador. Objetos de decoração e climatização adequada também estão relacionados ao desempenho profissional.
Com o objetivo de tornar o local de trabalho cada vez mais produtivo, o governo do estado do Rio de Janeiro, através da Superintendência de Saúde, Segurança e Ambiente do Trabalho, tem organizado palestras, campanhas, estudos e programas sobre o assunto. Criado em 2007, o órgão pioneiro da Secretaria de Trabalho e Renda desenvolve ações nas pastas estaduais e em diversos setores da sociedade fluminense. A meta é gerar políticas públicas de redução de danos e preservação do ambiente de trabalho.- Desenvolvemos campanhas de educação sobre saúde e segurança para melhorar as condições ambientais de trabalho e as relações das empresas com seus funcionários. Seguimos os preceitos fundamentais da legislação brasileira e realizamos o mapeamento de riscos para os trabalhadores – explica a superintendente, Maria Christina Rodrigues Menezes.As empresas também lucram com a manutenção de um ambiente saudável e agradável. Uma equipe que recebe condições básicas para realizar suas necessidades contribui para o crescimento do empreendimento, através da redução do número de acidentes e doenças.

- O espaço de trabalho deve sofrer inspeções regulares. É preciso verificar se há algo nocivo que possa prejudicar o servidor. Manter a iluminação agradável e o limite de temperatura do ar-condicionado contribuem para redução de doenças. As empresas devem ainda realizar regularmente manutenção nas instalações elétricas. Os móveis dos escritórios devem ficar em locais apropriados, evitando que objetos prejudiquem a passagem. A boa relação interpessoal entre os funcionários, estabelecendo confiança, respeito, compreensão e acolhimento, é outro fator importante a ser desenvolvido no ambiente – declara a médica do trabalho.

Atividades internas como ginástica laboral, café da ambiência, confraternizações mensais com servidores aniversariantes e sessões de shyatsu têm ajudado a motivar os funcionários da Secretaria de Trabalho e Renda. Reconhecimento e desenvolvimento profissional são fatores que atraem os trabalhadores e fazem com que se tornem mais dedicados às suas tarefas.

Para o servidor do Estado do Rio, a Superintendência de Saúde, Segurança e Ambiente do Trabalho está preparando uma série de projetos com instituições de ensino e pesquisa e órgãos estaduais. Em parceria com a Secretaria de Planejamento e Gestão, o setor pretende implantar o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional e o projeto de Reabilitação Profissional. A superintendência lançará também o DATATRAB, primeiro banco de dados de saúde do trabalhador do Estado do Rio.

- O trabalho precisa ser realizado com prazer. Muitas vezes, passamos mais tempo em nossa empresa e com colegas de trabalho do que com nossas famílias. Temos que estabelecer situações agradáveis no trabalho. Quando estamos insatisfeitos com o que fazemos, começamos a gerar atritos que dificultam nossas ações – afirma Maria Christina Rodrigues Menezes.

Por  Marcelle Colbert

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Add Your Comment